Menu fechado

A Equatorial também já desenvolveu partes e sistemas de propulsão para satélites. Entre os projetos é possível citar o desenvolvimento pioneiro de válvulas de enchimento e dreno para propulsor, propulsores bipropelentes 200N e micro propulsores com hidrazina, fornecido em conjunto com um banco de controle e testes hidráulicos.

Em 2003, a empresa transferiu essa tecnologia para a Fibra Forte, uma empresa local que fornece esse sistema para a plataforma PMM do INPE.